Escrevo-vos dias antes de jogarem, no Bessa, um dos dois match-points que garantiram, mas não podia, de todo, deixar de dirigir algumas palavras a quem tão bons momentos me proporcionou durante esta época de estreia. Tenho tentado, tanto quanto possível, acompanhar o vosso percurso quase imaculado que todos esperamos que culmine num fantástico – e inédito – título de Campeão Nacional de Futebol Feminino para o Sporting CP.

Acredito que ganharão ao Boavista, naquele estádio “inglesado” invadido pelos melhores adeptos do Mundo, e que a festa se fará pelo caminho até nossa casa; acredito ainda que se num dia menos bom os três pontos não vierem nas vossas garras, ganharão ao atual bicampeão, na última jornada, num Alvalade a quebrar recorde de assistência num jogo feminino. E não, não se trata de bazófia desmedida, trata-se de confiança plena em todas vocês, na equipa técnica e no brilhante trabalho desenvolvido desde o início deste projeto cujo resultado, além das 27 vitórias e 2 empates em 29 jogos, é uma equipa aguerrida em que cada um de nós de revê!

E desengane-se quem pensa que é fácil. Nunca o será, muito menos para nós. Ainda que sejamos o enorme Sporting Clube de Portugal, o início de uma nova modalidade nem sempre -ou raramente!- é coroado com a devida glória. Por norma não chega um projeto bonito no papel, um treinador bem pago e um camião de atletas para formar aquilo que se exige: uma equipa. Mas vocês, Leoas, foram capazes de refutar as minhas frases anteriores e (tal como as Leoas do rugby a quem endereço os meus parabéns e agradecimentos) formaram algo mais: uma família. E teimam em mostrar-nos que “sim, é possível moldar uma nova modalidade em cima de vitórias!”. Teimam em mostrar ao Mundo que não têm medo algum de ser felizes e que também vocês são parte desta família: parte daqueles que enchem estádios e pavilhões; estradas, pistas, piscinas; daqueles que choram e riem, gritam, esbracejam, sofrem…mas mais que tudo, daqueles que amam este clube e que estão lá, na fila da frente, onde quer que o nome do Sporting CP esteja envolvido.

Vi com bons olhos a chegada do futebol feminino, vi com bons olhos como aliás vejo a chegada de cada nova modalidade ao nosso clube: primeiro, porque somos um clube intrinsecamente eclético; segundo, porque a intervenção do Sporting CP em qualquer modalidade é sinónimo de crescimento da mesma; e, finalmente, porque aumenta o leque de pessoas a quem o clube chega, a quem podemos transmitir valores e dar ídolos – porque tão importante como tudo o resto, é o facto do Sporting CP ser uma instituição de valores e ser também isso que nos torna gigantes.

Sábado, antes de entrarem em campo, lembrem-se do que fizeram até aqui: a formação da equipa, o primeiro jogo, o primeiro golo, todas as contrariedades (que certamente as houve), o primeiro jogo em Alvalade, as notícias sobre vós que correram e correm o Mundo… Lembrem-se que temos uma defesa de ferro e um ataque avassalador! Imaginem aquela defesa da Patrícia, os livres da Joana, as correrias da Ana pela linha, o penalty da Solange contra o Braga, os agradecimentos – sempre com os pés bem assentes no chão – desse senhor do futebol que é o Prof. Nuno Cristóvão. Fechem os olhos e recordem a garra, a vontade, o querer: tudo aquilo e todos aqueles que nos permitiram chegar a este ponto. E sim, “nos permitiram” porque todos sentimos um pouco de cada vitória, de cada defesa, de cada cerrar de dentes para ir à luta.

Belas Leoas, quando o árbitro ameaçar pôr o apito entre lábios para dar início à partida, recordem que nós estamos sempre convosco e que nós acreditamos em vocês, do primeiro ao último segundo, enquanto quiserem, tanto como nós, honrar a camisola. Ah, e sorriam! Sorriam de peito firme de orgulho e honra porque, aconteça o que acontecer, há três milhões de pessoas para quem vocês já são campeãs!

TEXTO ESCRITO POR luisvt
*às quartas, a cozinha da Tasca abre-se a todos os que a frequentam. Para te candidatares a servir estes Leões, basta estares preparado para as palmas ou para as cuspidelas. E enviares um e-mail com o teu texto para atascadocherba@gmail.com