adeptoarameO paradigma que vive Sporting, não se irá extinguir sem uma boa dose de títulos em catadupa!

As sucessivas direções e rumos traçados nas últimas décadas foram paulatinamente esvaziando o balão a vários níveis ( financeiro, desportivo, marketing, comunicação etc ). Não haverá um diferente mindset sem um reboot total do caminho armadilhado que temos percorrido. Achei, achámos todos, que com BdC isso iria acontecer … mas o presidente sucumbiu a astúcia dos rivais e seu discurso inebriante! BdC nunca percebeu que ERA REALMENTE um adversário de peso e temível … nunca percebeu que a sua presença e discurso encerravam uma mensagem forte e perfurante nos rivais … nunca entendeu que a sua astúcia e perspicácia eram suficientes para fazer soar os alarmes na 2a circular!

BdC fez tudo isto a partir do seu domínio territorial … BdC conseguiu colocar os rivais em sentido com golpes certeiros, precisos mas sempre ou quase sempre desferidos de territórios longínquos e inalcansaveis a uma putativa resposta “ bélica “. BdC entrincheirou os adversários e com “ bombardeamentos “ assíduos, ia enfraquecendo as linhas do inimigo … mas BdC não é paciente ( todos julgávamos que era ). Além da sua impaciência, começou a ter laivos de soberba, de messianismo e endeusamento.

Decidiu “ apagar o charuto “, pousar a arma, mudar a farda, e investir de camisa arregaçada contra um inimigo que julgava morto. Para ele, seria uma batida de reconhecimento, de rescaldo … ! Engano grave. Meteu a cabeça na boca do leão e tudo correu mal … na hora de receber conselhos de gente sabia, tudo o que sobrou foram soldadinhos de chumbo a querer um banho de sangue!

Cronologias a parte, o rumo que se pensou ser do sucesso, deu lugar a um género de retaliação sob as leis do Bushido : mata ou morre, não consegues matar, não te deixes matar … comete hara-kiri! Numa situação de iminente perigo, só não foge quem não pode … o confronto corpo a corpo era evitável mas, a cegueira falou mais alto. Deixou de se preocupar com a saúde e bem estar de uma legião de bravos soldados, para fazer dos mesmos “ carne para canhão “, e quem se atrevesse a colocar em causa o seu plano, sentiria de imediato a sua fúria e irascibilidade!

Ao estilo da URSS, a corrida ao armamento pesado “ bebia “ a maior percentagem do orçamento … era o tudo ou nada! Enquanto isso, a fome e a sede iam sendo cada vez mais uma realidade chocante! Este Sporting não mudará o chip com malta de 9M de euros, com treinadores que só olham para as armas do vizinho sem sequer perceberem que tem armamento de ponta no seu próprio paiol!

A frase do Geraldes ( o bom Geraldes … o verdadeiro leão … o jogadorzao ) diz tudo … só gente que sente a camisola e o clube, que entende a seca de títulos, os quês e porquês da mesma, consegue em momentos de aflição, fazer das fraquezas forças e lutar até ao último segundo com o mesmo empenho! Estamos a ostracizar uma geração de talentos sob o olhar impávido de um presidente que vai para o seu 5o ano a frente do clube, contando apenas com 1 Taça de Portugal e 1 Supertaca, e com quase 100M de euros investidos só nos últimos 3 anos. Francamente e claramente risível … ridículo!

Enganem-se aqueles que pensam que a saúde financeira (e duvido que seja assim tão boa) irá durar sem resultados palpáveis! O castelo, já o é só de cartas … as pedras basilares não moram ali! Se este ano ficarmos a seco, corremos o risco de voltar a idade da pedra! Fatalismos a parte … a realidade é nua e crua, e salta à vista de todos! Sejamos o que sempre fomos, e olhemos a coisa com a complexidade da mesma. Não está tudo péssimo … está tudo mal … péssimo estará a breve trecho se nada mudar!

ESTE POST É DA AUTORIA DE… Paulo Silva
*às quartas, a cozinha da Tasca abre-se a todos os que a frequentam. Para te candidatares a servir estes Leões, basta estares preparado para as palmas ou para as cuspidelas. E enviares um e-mail com o teu texto para atascadocherba@gmail.com

Esta semana, em virtude de uma quarta-feira com meias da Taça da Liga, os pratos começam a ser servidos mais cedo