Numa altura em que tanto se fala de orçamentos, parece-me fundamental recordar que o CD não pode contratualizar empréstimos nem assumir compromissos financeiros superiores a pouco mais de 2 milhões por ano e neste momento a divida da SAD aumentou num só ano mais de 12 milhões.

Estamos a falar de um aumento 10 vezes superior ao devia e estamos a falar de um aumento que deveria ser aprovado pelos sócios, conforme os estatutos. Aliás, o Conselho Fiscal devia fazer o seu papel e alertar imediatamente para esta situação, pois é uma violação grave dos estatutos.

Na próxima AG, se os sócios aprovarem as contas estão a validar e a legitimar este incumprimento e a reconhecer a existência da divida.

E o resultado poderá ser desastroso: o clube fica refém da SAD com uma divida de 17 milhões, dívida essa que dificilmente, para não dizer nunca, o clube terá disponibilidade para pagar.

A SAD, a qualquer momento, pode exigir a regularização da divida e se o clube não tiver meios para pagar pode avançar com penhoras sobre o património, ou seja, o pavilhão e as acções da SAD.

As acções podem depois ser vendidas a terceiros e o clube e as suas modalidades acabam naquele preciso momento. Acordem! As modalidades estão em perigo, nem é preciso saber mais nada sobre as contas é votar contra e ponto! A não ser que prefiram dizer “o Sporting Clube de Portugal foi-se e fica a Sporting Sad”.

Acho um dever dar essa informação aos associados e esperar que na hora de votar tenham respeito pela história do nosso Sporting Clube de Portugal! O que estará em causa no dia 26 é a sobrevivência do nosso querido clube e o afastamento definitivo dos seus associados que ficarão silenciados para sempre.

Como disse a filha de Peter Lim, dono do Valência, “o clube é nosso e podemos fazer o que quisermos e ninguém pode dizer nada!”.

ESTE POST É DA AUTORIA DE… Fight for your Right
a cozinha da Tasca está sempre aberta a todos os que a frequentam. Para te candidatares a servir estes Leões, basta estares preparado para as palmas ou para as cuspidelas. E enviares um e-mail com o teu texto para atascadocherba@gmail.com