Esta equipa, com a desajuda dos seus responsáveis de comunicação, está a fazer o caminho das pedras para atrair, novamente, a atenção dos sportinguistas. Não resta muita gente na blogosfera a comunicar voleibol e eu pergunto se seria este o desfecho apetecido pelo ex-diretor das modalidades? Hoje é fácil olhar para o Miguel Afonso, mas a época não foi preparada exclusivamente por ele.

No entanto, realizamos 3 jogos com 3 vitórias importantes. Estamos a rapidamente cimentar a nossa posição como 2º classificado e, depois, ir atrás de um estoico playoff. No jogo com o Sporting Clube de Espinho apresentámos alguns problemas na zona central de rede no jogo. Contra o Esmoriz GC já não porque apareceu o Vítor Hugo que foi o rei e senhor do centro de rede. Um jogo perfeito que certamente o motivará bastante para os próximos jogos.

É complicado falar da equipa masculina de voleibol porque há poucas condições para uma comunicação harmoniosamente positiva. Por esse motivo, privo-me muitas vezes de fazer um comentário mais profundo e será assim até que, aquilo que se vê de fora, mude. Se alguém ficar muito chateado com isto, basta olhar em volta e perceber quem é que semanalmente ainda escreve sobre o voleibol do Sporting. Isto é um sinal.

A confusão que se instalou com esta equipa é uma aula de psicologia comportamental. Vou deixar só um pequeno comentário porque as redes sociais são pródigas em críticas, não precisa das minhas para alimentar mais.

Recordam-se do triste espetáculo que foi um comunicado, que trouxe há semanas, da página de fans do Miguel Maia (aqui http://atascadocherba.com/2020/12/24/bonito-servico-que-raio-se-passa/)? Nesse post pedia-se uma resposta de alguém da estrutura e esta foi dada. O Jornal do Sporting fez uma entrevista ao Renan e ao VH, onde ambos elogiaram o Gersinho (e a direção???) e a página de fãs do Miguel Maia também voltou ao registo inicial de apoio, dando até os parabéns pelo aniversário ao nosso treinador. Esta semana, surpreendentemente, enviaram-me umas imagens onde alguns jogadores partilharam uma publicação desta página?!

As guerras, os desacordos, a política e a gestão desportiva estão a estragar esta equipa de voleibol, vamos ver como isto vai evoluir. Como dizem uns amigos, “é tudo por hoje”.

*às terças, o Adrien S. puxa a bola bem alto e prega-lhe uma sapatada para ponto directo (ou, se preferires, é a crónica semanal sobre o nosso Voleibol)