Categoria

90 minutos vistos do balcão

Ghosts

De um jogo que parecia fácil ao ligar do complicómetro, numa partida com arbitragem à moda antiga e com uma mão cheia de fantasmas a ensombrar o espírito dos adeptos leoninos. É a crónica do Sporting – Moreirense (2-1) My… Ler mais →

Hummer

Na noite em que atenções e corações se dividiram entre Santa Maria da Feira e o Pavilhão João Rocha, o Sporting carimbou a passagem às meias finais da Taça de Portugal e aos quatros da CEV Cup. E esta é… Ler mais →

Losing my Religion

Crónica desencantada de um adepto que viu o seu treinador abdicar dos princípios que tanto nos haviam cativado, para preservar um pontinho cujos efeitos práticos estão longe de ser percepitiveis Os dados estavam lançados: o Sporting partia para o clássico… Ler mais →

Let Down

Uma noite que foi um enorme murro no estômago de todos os Sportinguistas, ao verem a sua equipa baquear frente a um adversário que jogou quase toda a segunda parte em inferioridade numérica. O clássico, esse, passou a ser o… Ler mais →

Os Amigos do Gaspar

Foi frio como a noite e tão complicado como saboroso. Deixando a nota artística toda para o golo de Miguel Luís, o Sporting ganhou ao Belenenses porque, mais em força do que em jeito, nunca deixou de acreditar que poderia… Ler mais →

New Year’s Eve

O Sporting regressou às vitórias, regressou às goleadas e carimbou a presença na final 4 da Taça da Liga. Fê-lo com toda a justiça e num jogo com uma arbitragem à moda antiga Tinha tudo para acabar bem, mas podia… Ler mais →

Canção do Engate

O Sporting levou a Taça muito a sério, fez pouca poupanças e passou o Rio Ave a ferro. Como diria Keizer no final, “marcámos cinco golos, mas há sempre um mas”, mas a verdade é que se torna cada vez… Ler mais →

Epic

O melhor que aconteceu na noite de ontem não foi o resultado; foi o constante sentimento de que era possível reverter uma desvantagem de dois golos. Um sentimento que passou das bancadas para a equipa e da equipa para as… Ler mais →

Kids Wanna Rock

Com meia equipa de fora, o Sporting manteve o hábito de jogar e ganhar, oferecendo aos seus adeptos uma vitória sem espinhas, com momentos de puro entretenimento e com o extra de acabar com seis jogadores da formação em campo… Ler mais →

Hunger Strike(r)

Obtendo um resultado melhor do que a exibição, o Sporting conseguiu ultrapassar um complicado Aves através de uma receita alternativa: com o colectivo emperrado, as individualidades fizeram a diferença e deram aos adeptos motivos para voltar a sorrir O Aves… Ler mais →

© 2019 A Tasca do Cherba — Powered by WordPress

Desenvolvido por Anders NorenCima ↑