Categoria

90 minutos vistos do balcão

Strange Kind of Love

Leonel Pontes disse que não há vitórias morais. Que há vitórias e que há derrotas. E que também há empates. No final, o Sporting voltou a perder, fruto de erros inadmissíveis durante a partida e de uma preparação da época… Ler mais →

Chop Suey

Se a preparação da época deixou muito a desejar, a ida ao mercado tornou tudo ainda mais cinzento. E se a primeira parte do Sporting foi uma nulidade, na segunda Jorge Sousa tratou de garantir que os Leões saíam do… Ler mais →

Arrastando o seu cadáver

Durou pouco o sorriso no rosto dos adeptos leoninos e depois dos sinais de melhoria o Sporting voltou a cair perdendo em casa, com três penaltis insólitos, frente a um Rio Ave que deixou a nu todos os problemas de… Ler mais →

Follow The Leader

Keizer resolveu contrariar a sua própria ideia de que Bruno Fernandes e Vietto são incompatíveis e o Sporting fez o melhor jogo deste arranque de época. E mesmo tendo que enfrentar mais um inenarrável momento do VAR, saltou para a… Ler mais →

Breathe

Apertado, apertadinho, mas o suficiente para arrecadar três pontos fundamentais. À segunda jornada, o Sporting recebeu e venceu o Braga, naquela que é a primeira vitória da época e que, mesmo com vários problemas a persistirem, permite aos Leões sacudirem… Ler mais →

Do Your Best And Don’t Worry

O Sporting voltou a não ganhar e, pior, voltou a dar sinais de ser uma equipa completamente sem rumo. Frente a um Marítimo que apostou tudo em jogar no erro, os Leões, sem jogo colectivo, estiveram sempre dependentes da inspiração… Ler mais →

Welcome to the Planet Motherfucker

Por mais voltas que tentemos dar, por mais que tentemos agarrar-nos ao que podia ter sido e não foi a primeira parte, a verdade é que o Sporting sai vergado a uma das mais pesadas e humilhantes derrotas da sua… Ler mais →

Só um acorde

Mais aquele solo do Renan, a defender o penalti. Mais a consistência da prestação de Thierry, à direita da defesa. E aqueles três minutinhos de Bragança em que o puto queria era ter a bola na canhota e ser ele… Ler mais →

Hakuna Matata

Com o teste mais complicado, veio o melhor jogo da época. Em terras de Tio Sam, frente a um Liverpool quase sempre superior e com um ritmo bem mais forte tendo em conta que ambas as equipas entram em competição… Ler mais →

Engolir em seco

E ao terceiro jogo, segundo empate. Não que isto conte para o que quer que seja além da motivação e de poder embalar numa espiral de vitórias e, sinceramente, não é isso que me leva a dar título ao post…. Ler mais →

© 2019 A Tasca do Cherba — Powered by WordPress

Desenvolvido por Anders NorenCima ↑