Categoria

apitar é uma arte

Mais provas de que o benfic@ corrompeu árbitros

Novos emails, mais revelações de planos e acções para traficar influências junto dos árbitros. Quantas mais provas serão necessárias até que o benfic@ seja devidamente punido?

Do relvado para o VAR (a saga continua)

Bruno Paixão, Luís Ferreira, Vasco Santos e Bruno Esteves vão deixar de apitar em 2018/2019 para assumirem em exclusivo as funções de vídeo-árbitro (VAR), categoria que foi agora oficializada no Regulamento de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol. Novidade é… Ler mais →

Tens razão, lampião: foi um jogo sujo!

Quando já julgámos ver tudo por parte dos lampiões, eles fazem questão de surpreender-nos e de aumentar o asco e desprezo que se sente por gente que mata, aos poucos, o futebol em Portugal. Vem isto a propósito do dérbi… Ler mais →

Setúbal, terra da fraternidade

Dizem que um dos melhores remédios para a “neura” é rir. E coincidindo com o estado de neura em que toda a estrutura do futebol profissional do Sporting foi capaz de deixar-me em menos de 24h, procurei na agenda as… Ler mais →

Hey, UEFA, suck my Karasev!

Parece brincadeira, mas é mesmo verdade: o russo Sergei Karasev foi escolhido para arbitrar o Atlético de Madrid vs Sporting, na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa de futebol. Para quem não se recorda, faz quatro anos… Ler mais →

Jogas no Sporting? Toma lá um amarelo!

Estes simples números estatísticos de Fábio Coentrão fizeram-me recuar a 1999 e a uma entrevista de Rui Jorge, no final do seu primeiro ano de verde e branco. […] Nunca me senti tão prejudicado pelas arbitragens como me senti este… Ler mais →

Sporting: menos faltas e mais cartões vermelhos do que os rivais

Os números não enganam: o Sporting precisa fazer 118 faltas para ver um cartão vermelho; o fcPorto vê um vermelho a cada 199 faltas e se a diferença já parece enorme, deixa-nos sem reacção ao constatar que o Benfica precisa… Ler mais →

O VAR? Se não fosse o VAR onde isto chegaria!

O que se passou, hoje, no Estoril, é uma vergonha ao nível do golo anulado ao Doumbia. Se já é incrível como o árbitro auxiliar não vê três jogadores em fora de jogo, com um deles a projectar-se em direcção… Ler mais →

“Interpretação desajustada”, dizem eles

O que eu vi foi o VAR, Manuel Oliveira, manipular as imagens e o Luís Ferreira a comer a papa sem pestanejar! E se nenhum deles conhece devidamente as leis do jogo, é capaz de ser boa ideia mudarem de… Ler mais →

Velhos hábitos (um Dourado será sempre um Dourado)

© 2018 A Tasca do Cherba — Powered by WordPress

Desenvolvido por Anders NorenCima ↑