Vou tentar, de alguma forma, projectar aquilo que poderia ser (mais que isso, aquilo que eu gostaria que fosse) o ponto de partida para a próxima época. Está na hora de, verdadeiramente, nos assumirmos como clube formador que somos e incorporar esse ADN na nossa equipa principal.

Os nossos jovens jogadores, apenas precisam de uma aposta como deve ser, de um treinador que lhe dês confiança, para poderem corresponder ao mais alto nível. Jogadores como Wallyson, Iuri, Francisco Geraldes, Podence, Palhinha, Domingos Duarte, Matheus ou Gauld, por ex. Enquanto não se puserem os putos a jogar 5/6 jogos seguidos e depois ver e analisar o seu rendimento, eu (e muitos outros, felizmente) vamos continuar sempre com esta ideia, porque é o correcto. Alguém sabia quem era William, antes de LJ apostar nele como deve ser? Ou o Ru1?

Estes exemplos são perfeitos para ilustrar o que digo. Estes miúdos, para além da muita qualidade que têm, sabem o que é o Sporting, têm cultura técnica e táctica made in Alcochete, cultura de clube, com o bónus adicional de serem muito mais baratos que jogadores contratados. Isto é algo que tem sido sistematicamente desprezado, imo, e muito mal. Mais: analisem as maiores e melhores vendas que alguma vez tivemos e olhem para os nomes. Slimani foi a excepção que confirma a regra. Sinceramente, não percebo como é que ainda podem subsistir dúvidas em relação a isto ! Sabemos que nem todos os jogadores da formação vão “dar jogador” e fazer grandes carreiras, mas porra, temos dentro de portas muita qualidade, que, imo, anda subaproveitada, desportiva e financeiramente.

Tenho consciência que, se calhar, não há coragem para avançar para uma época com este plantel (especial e principalmente com Jesus ao leme), mas acredito plenamente que o mesmo seria capaz de dar uma muito boa resposta e isto sim, seria uma aposta efectiva e não demagoga na excelente formação que somos capazes de produzir, à qual apenas seriam acrescentadas algumas aquisições de mercado, capazes de incutir maior experiência competitiva e qualidade inequívoca, mas apenas e só para as posições mais carenciadas e para as quais não existissem alternativas de real valor dentro de casa. Este ponto é muito importante, pois, como a base do plantel seria a formação, os custos com pessoal seriam bem mais reduzidos, o que permitiria canalizar os recursos financeiros disponíveis para atacar o mercado e respectivos vencimentos das novas aquisições num plano completamente diferente. Por exemplo, este ano, gastámos cerca de 30 M de € em 13 reforços. Faria muito mais sentido utilizar esse valor em apenas 3/4 jogadores, mas reais mais valias (tipo Bas Dost, por ex), internacionais com provas dadas, mas ainda relativamente novos e com ambição competitiva. No fundo, permitiria aceder a jogadores num patamar em termos de mercado a que, normalmente, não conseguimos aceder .

Posto isto, avançaria assim para 2017/2018:

GR: Rui e Beto
Emprestar, vender ou dispensar Jug – nunca vai ter qualidade para nº 1 da nossa baliza (se calhar, nem nº 2), como tal, não faz sentido ficar. Para 3º GR bastam os miúdos que vão evoluindo na B

LD: O meu eleito para titular seria MAURÍCIO ISLA. João Pereira já foi, Esgaio, imo, não tem qualidade suficiente para ser jogador da primeira equipa do SCP, como tal, se existisse uma boa oportunidade de negócio, vendia. Schelotto, ao renovar, parece que vai ser aposta, mas, imo, não deveria ser para titular. Temos Mama Baldé, que evoluiu imenso na B e é um tractor autêntico, que pode vir a revelar-se como uma boa solução.

DC: Coates, Semedo, Paulo Oliveira e Domingos Duarte
Douglas é caro demais para suplente, é extremamente lento e não é, imo, superior a Domingos Duarte, por isso, vendia. Em caso de necessidade, Kiki Kouyaté tem dado boa conta de si na B e pode ser opção de futuro. Em caso de saída de algum dos titulares ou do Paulo Oliveira, um sonho antigo: PEPE (isto se não quiser ir já para a China encher os bolsos, claro!), para mim, está no TOP 5 dos melhores centrais do mundo.

DE:AUGUSTINSSON e Pedro Empis
Vender Jefferson, Zeegelaar e Jonathan Silva

MD: William e João Palhinha
Vender Petrovic e emprestar B. Paulista

MC: Adrien, Wallyson Mallman, Francisco Geraldes e Ryan Gauld.
Os 2 últimos podem fazer de Médio Centro, Médio Ofensivo e Ala D/E (à imagem de João Mário), consoante as necessidades da equipa / jogos. Ambos muito inteligentes tacticamente e de qualidade técnica superior.
Vender Elias e devolver Meli.

EXTREMOS D/E: Gélson, Bryan Ruiz, Matheus Pereira, Bruno César, Iuri Medeiros e Daniel Podence.
Markovic e Campbell vão embora e quanto a Bryan Ruiz, acompanharia o seu rendimento até ao final da época e aí decidiria. Se surgisse uma boa proposta, seria de considerar sériamente. Nesta posição, todos (Gélson, menos) podem e têm características que lhes permitem jogar também a 2º avançado

AV: Bas Dost, Spalvis, CONTRATAÇÃO, CONTRATAÇÃO
Spalvis, não sabemos como vai aparecer e como se vai adaptar, razão pela qual apostava em 2 contratações: 1 para back up de Dost, um PL puro, com golo e outra para 2º avançado, onde Lucas Perez seria perfeito. Será aqui, nestas posições, que devemos investir a sério e não brincar aos “deixa lá ver se pega”, como Castaignos e André, que venderia, sem margem para dúvidas. Alan Ruiz… caso bicudo ! Pessoalmente, penso que nunca vai dar nada, como tal, vender ou, se não der, emprestar, mas para a Europa. Teo Gutiérrez, o mesmo, seja para onde fôr.

Portanto, teríamos então um plantel com 25/26 jogadores, mais do que suficiente para atacar todas as frentes e apenas com 4 contratações, nas quais dificilmente gastaríamos os 30 M de € gastos nesta época, mas que até poderia ser um pouco mais, com o que iríamos poupar só em ordenados.
Agora digam-me, sinceramente, e comparando com o cenário actual, não estaríamos muito melhor, com muito mais soluções e de maior qualidade em todos os sectores ?

jj-espantado

TEXTO ESCRITO POR RP
*às quartas, a cozinha da Tasca abre-se a todos os que a frequentam. Para te candidatares a servir estes Leões, basta estares preparado para as palmas ou para as cuspidelas. E enviares um e-mail com o teu texto para atascadocherba@gmail.com