Categoria

Tácticas

Sporting de Amorim, em 3 anos à 13 jornada

Até parece fácil

  E é, e continuará a ser para todas as equipas que gostem de jogar em bloco baixo. O Sporting é, actualmente, uma equipa completamente previsível, e esse é um dos problemas que terá que ultrapassar rapidamente.  

Peter Potter e os talismãs da vida (ou um olhar sobre o mais importante do Sporting vs Sevilha)

Podíamos falar de muita coisa, relativamente ao sunset de ontem à noite. Da apresentação sem ponta de brilho ao vazio de alma em que se transformou a curva sul; do chumbo que parecia estar agarrado às pernas dos jogadores à… Ler mais →

Sporting 22/23 – uma equipa de ponta sem lança?

Amorim levou 31 jogadores para o Algarve e entre os que farão parte do plantel da equipa principal e os que estarão na equipa B e nos sub23, dificilmente existirão mexidas nos nomes que procurarão levar o mais longe possível… Ler mais →

Mote para uma discussão interessante

Até porque, no que toca à selecção nacional, esse tipo de jogador esfumou-se assim que o Sporting deixou de formá-los.

Rumores táticos

Baralhar e dar de novo

O Sporting volta a ficar sem o seu melhor marcador e sem o jogador com mais assistências (mesmo já tendo falhado tantos jogos…), o que exige a Amorim repensar os protagonistas do modelo. Irá Edwards ter a sua oportunidade? Será… Ler mais →

Sem Paulinho joga o…

«Como aconteceu no jogo da Luz, o facto de uma ou outra posição não se ter ideia de que jogador a iria ocupar pode colocar dúvidas no adversário. Podemos jogar com um falso nove, com Tiago Tomás, que pode jogar… Ler mais →

O Sporting é mestre no fora de jogo, mas não é armadilha. É minúcia de Rúben Amorim. Como é que se trabalha uma linha defensiva?

Foi no Casa Pia que afinou as maravilhas da linha defensiva que rouba espaço aos adversários e ainda os mete em fora de jogo. Rúben Amorim fez do Sporting a melhor equipa nessa arte do offside, a nível europeu, no rácio… Ler mais →

Façam vocês a legenda

© 2022 A Tasca do Cherba — Powered by WordPress

Desenvolvido por Anders NorenCima ↑